Musicas de Casamento

Os sons do altar – Músicas de Casamento

A música é parte essencial da cerimônia de casamento. Ela traduz em poema e melodia a emoção que temos dificuldade de compartilhar em palavras. Na hora de contratar músicos ou cantores para o seu casamento, é importante levar em conta a experiência dos artistas com eventos desse tipo. Casamento é diferente de palco. São abordagens diferentes, públicos diferentes. Daí a importância que as pessoas contratadas tenham o feeling próprio para eventos desse tipo.

O blog ouviu cantores profissionais, que atuam há mais de 10 anos no ramo, para obter informações qualificadas sobre esta experiência: Thânia Machado é diretora de uma escola de artes, o Instituto Mantiqueira de Música e Arte (www.imma.art.br) e professora de musicalização pedagógica, em Itajubá, MG. E Caio Emídio, professor de canto popular, gospel e teclado, na mesma instituição. O grupo de cantores do IMMA costuma ser chamado para casamentos de todo tipo: dos mais formais aos semi-formais. Na igreja ou no sítio. Católicos e evangélicos. A diversidade proporcionou ao grupo um repertório variado, que passa por estilos diferentes.

LEIA TAMBÉM

O grupo canta sempre acompanhado por instrumentos variados como piano ou teclado, violino, trompete, flauta, sax, violão, violoncello, solos feminino e ou masculino ou ainda grupos vocais. Em cerimônias mais sofisticadas, podem se apresentar com um coro e uma pequena orquestra montada especialmente para a cerimônia.

Solos de guitarra
“Raramente cantamos à capela, pois os instrumentos vêm justamente para agregar valor à sonoridade final. Tudo depende muito do que os noivos querem: reunidos com eles – aliás, é muito importante este momento, para entendermos quais são as expectativas e se são possíveis – procuramos sugerir e opinar sobre a combinação de instrumentos.”
“Mas já aconteceu da noiva entrar com MPB várias vezes ou de o noivo entrar com solo de guitarra de rock’nroll “– diz Thânia. “ Em casamentos, também acontece muita coisa fora do padrão, mas estamos aqui para atender aos desejos, é claro, tentando sempre orientá-los para o que é mais usual e que combina com o clima da cerimônia.” – complementa.

Repertórios
“As músicas costumam variar de acordo com o gosto dos noivos e da sua religião também, “ explica Caio Emídio. “Mesmo assim, existe um repertório que é muito usado por nós: são músicas bastante pedidas pelas noivas, uma espécie de padrão musical que é usado na maioria das cerimônias, a pedido dos próprios noivos. Quando o casamento faz parte do rito religioso (missa ou culto), participamos de toda cerimônia. Temos várias opções de arranjos diferentes para essas ocasiões.” – ele diz.

Caio e Thânia exemplificam um repertório clássico que é bastante utilizado nas cerimônias:

Entrada do noivo e padrinhos: Jesus Alegria dos Homens, Nona sinfonia de Beethoven, Pompa e Circunstância, Ária da quarta corda, entre outras.

Entrada da noiva: chamada com Clarinadas. Logo em seguida, a marcha nupcial de Schubert ou de Wagner. Quando as noivas não gostam das tradicionais marchas, optam por músicas cantadas eruditas ou populares, tais como Ave Maria de Gounod, Ave Maria de Schubert. As músicas populares também têm sua vez: Todo azul do mar do 14 Biz, Eu sei que vou te amar de Tom Jobim, Todo sentimento de Chico Buarque, ou ainda, músicas instrumentais.

Entrada dos pajens, as noivas gostam muito de temas de filmes e musicais como A Noviça Rebelde, A Bela e a Fera, Pinóquio, tema do Rei Leão que ficou famosa na voz do Elton John,entre muitas outras lindas canções.

Saída: canções emocionantes como Perhaps Love, All I ask of you, Climb ev´ry Mountain, I say a little prayer e Fascinação são bastante solicitadas para a saída, logo após a assinatura dos noivos e antes dos cumprimentos.

Neste momento, usamos cantar músicas populares românticas nacionais e internacionais, de acordo com o desejo dos noivos. “Como o ato religioso em si já passou, existe uma abertura maior para canções de gosto pessoal, músicas que marcaram momentos especiais para os dois. “Sempre tentamos agradar ao máximo o gosto pessoal dos noivos, afinal, aquele momento é único e revestido de muita expectativa e emoção” – conclui Thânia.

Emoção
Para eles, a ideia de cantar em casamentos surgiu da união de talentos e da vontade de atender aos pedidos que chegavam: “Muitos professores de música da nossa escola já tinham experiência nesta área, porque a procura por diferenciais para a cerimônia de casamento costuma ser bem expressiva. Alguns de nós já cantávamos no Madrigal Musicanto de Itajubá, que tem como maestro um dos melhores professores de canto e técnica vocal, o Angelo J. Fernandes. Então resolvemos fazer um mix, unindo as pessoas num grupo especializado, que agrega experiências.”

Ao falar sobre a vivência que é participar de um momento tão importante na vida das pessoas, ambos concordam em um ponto: é um trabalho muito especial.“ É muito gratificante saber que você está fazendo o papel de trazer a emoção à tona num momento tão especial para as pessoas presentes. Claro que isso implica numa responsabilidade enorme também! É uma mistura de prazer, orgulho e o famoso friozinho na barriga por saber que estamos fazendo parte de um momento único! E é mesmo muito emocionante!”

O grupo de cantores e músicos do IMMA também se apresenta em eventos como formatura e outros. O contato com Thania Machado e Caio Emídio pode ser feito através do www.imma.art.br
HSA

Musicas de Casamento
Rate this post

Deixe um comentário